TIC TAC

whatsapp image 2019-01-24 at 16.48.13

O tempo, ou pelo menos a noção dele, sempre fez parte do cotidiano da humanidade. Uma relação íntima, leal. Relação que exigiu aperfeiçoamento, observação, classificação, desdobramentos. Dia e noite. Manhã, tarde, noite. Horas, minutos, segundos. Bebês, jovens, adultos, idosos. Tudo se encaixando nas entranhas do tempo onde homem fez morada, mas nunca foi dono.

Somos todos hóspedes, porém, nas coisas do tempo, ninguém pode mexer. Os melhores dias findam-se na mesma velocidade dos piores, muito embora, nossas emoções gostem de nos dizer o contrário.

Segundas-feiras chatas, com chuva e rotina desbotada, são exatamente iguais aos domingos de sol no parque assistindo o melhor da liberdade entre amigos e família.

Ontem cheguei em casa depois de dois dias fora e procurei pela Lavínia que eu queria ver. Um bebê de formas arredondadas, de sorriso gracioso, que tudo fazia brilhar sem nenhum dente. Pernas grossas que não sustentavam seu próprio peso e que pouco serviam para caminhar, mas eram especialistas em chutar os pais nas noites mal dormidas. Essa Lavínia não estava lá.

No lugar dela tinha uma mini moça tirando o cabelo do rosto, que me puxou pela mão para mostrar sua mesa de atividades cheia de sinais do seu trabalho árduo de rabiscar e bagunçar. Pediu-me um beijo articulando as frases com seu modo, driblando as curvas entre “P” e “T”, conjugando verbos em idioma próprio tão estranho aos outros, mas perfeitos para os pais.

Depois de dois anos e três meses parece-me que fui acometido por um sentimento que dizia que uma fase acabou e outra, tão bela e desafiadora quanto, começou. Entrego as palavras a este texto como forma de recibo de ciência, de arquivo que pretendo guardar com carinho para nunca me esquecer de como fui feliz sendo pai.

Nossa arrogância humana conseguiu colocar o tempo dentro do relógio, mas, ainda assim, ele não parou, no máximo, podemos apelar para memória. Sou grato por isso, grato por cada dia, cada fase. Grato por estar aqui.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s